segunda-feira, 26 de maio de 2014

Azevinho para venda/troca

Quem vai seguindo o blogue sabe que eu tenho um particular fascínio pelo azevinho, e foi esse fascínio, aliado ao facto desta árvore estar cada vez mais ameaçada de extinção na natureza, que me levou a começar a recolher todas as plantas que nascem espontaneamente no meu terreno. Comecei por mero passatempo há coisa de cinco anos, mas de repente o passatempo cresceu exponencialmente. Tenho um verdadeiro viveiro com centenas de plantas, só de azevinho em casa. Claro que as pessoas mais próximas como amigos e familiares já todos têm um azevinho meu em casa, mas também já vendi umas largas dezenas para diversos destinos. 

Para se ter noção, tenho dezenas de azevinhos, desde pequenas plantas-bebé:




Azevinhos com cerca de meio metro:







E já umas pequenas árvores com cerca de dois metros de altura:


Não é por mim que o azevinho se há-de extinguir em Portugal!

Mas como facilmente se vê, isto começou-se a tornar um passatempo com proporções desmesuradas, daí que, estou a partilhar aqui no blogue, para que, se alguém estiver à procura de uma grande quantidade de azevinho, e estamos a falar de azevinho autóctone, aqui da região, todo ele propagado naturalmente por semente (e não por estaca) caso alguém tenha interesse, por exemplo, para fazer uma sebe só de azevinho, que fica espetacular - comunique. Se for em grande quantidade despacho isto ainda mais barato, e até posso eventualmente trocar, interesso-me, por exemplo, por velharias para decoração do jardim, como pias antigas, rodas de carroça, etc.

10 comentários:

  1. Home, acho que devias criar um site só para venda de azevinhos, e até uma versão inglesa, para venderes internacionalmente...pelo menos para o resto da europa, que a América e a Oceânia não deixam entrar sementes/espécies de plantas sem extensiva documentação fito-sanitária...e mesmo assim...

    Os teus azevinhos parecem muito saudáveis e felizes, uma creche/orfanato de azevinhos hahaha! :P

    ResponderEliminar
  2. Olha, o nome 'Christmas holly orphanage' estava bem! :P

    ResponderEliminar
  3. Mas isso já seria uma coisa mais profissional, algo que eu não sou, isto é um mero passatempo que saiu um pouco fora das proporções pensadas inicialmente. Eu para pensar numa coisa profissional teria de me coletar, algo que está totalmente fora de questão, pois o eventual lucro não daria para pagar os impostos dos ladrões. Poderia também vender, por exemplo, via ebay, mas só poderia vender pequenas plantas, e com as comissões que eles cobram, também teria um lucro irrisório. Eu poderia era arranjar uma parceria, e produzir para alguém vender. Agora eu para vender diretamente ao público, só se for mesmo para ir para a feira da Vandoma no Porto! E olha que já pensei nisso! Tinha era de ter uma carrinha!

    Sobre as creches de azevinhos, olha, se eu não tivesse mais nada que fazer, e sem perder muito tempo, juntava milhares de bebés! O problema é que os bebés-azevinho crescem, e depois tenho de os despachar!

    ResponderEliminar
  4. Mas cria um site na mesma, para te despachares dos azevinhos, ou um blog só para eles...
    Acho que não terias que pagar a não ser que o lucro excedesse uma determinada quantia, e ambos sabemos que provavelmente não excederia...
    Isso da feira é boa ideia, o teu carro tem uma mala grande até...

    Categorias do blog em inglês:
    Baby hollies,
    Child hollies
    Teenager hollies

    Era como num orfanato :P

    ResponderEliminar
  5. Oh, ainda ontem fui entregar os tri-gémeos a um senhor de Matosinhos, e já não cabia na mala! A sério, tive de os levar no bando da frente na diagonal!

    Mas vender orfanatos de azevinhos acho que não seria comercialmente interessante, porque a maioria das pessoas quer ter um ou dois no jardim, ou ter um ou outro em vaso. Os orfanatos são para eu os fazer crescer, separar e então depois vender com tamanho aceitável!
    A carrinha para o azevinho: http://hooniverse.com/wp-content/uploads/2010/08/auto_lost.jpg
    (efeitos de ver demasiado Lost!!!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Prontos está bem como queiras *teimoso* :P
      Olha, a minha irmã deve gostar dessa carrinha :P

      Eliminar
    2. Boa noite, adorava ter um azevinho no meu jardim, mas infelizmente penso que não se dá em zonas de solo calcário, verdade?

      Eliminar
    3. Viva,
      Que eles preferem solos ácidos é evidente, pois eles nascem espontaneamente a norte de Portugal, onde os solos são predominantemente ácidos. Mas também não sei como se comportarão azevinhos plantados em solos calcários.
      Na plantação também pode fazer uma cova generosa e enchê-la com terra ácida, ou então ir tentando adicionar matéria que vá modificando o ph do solo que tem, o que também nem sempre deve ser fácil, mas é uma questão de tentar. Aí onde vive ninguém tem azevinhos nos jardins?

      Eliminar
  6. Ilex aquifolium - azevinho, sem dúvida uma das plantas mais bonitas, sua folha inconfundível e principalmente as bagas vermelhas, que as aves devoram...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade. Tivemos a sorte de o ver crescer espontaneamente no nosso país, e eu ainda me lembro em criança de ver muitos azevinhos, mas a estupidez e a ganância tornaram-no quase extinto. E acredito que sejam os pássaros, mais que o vento, que espalham as suas sementes. Para um vizinho me dizer que tem um azevinho com um metro lá em casa e que não foi ele que o plantou, e que não existem mais azevinhos nas redondezas além dos meus...

      Eliminar