sábado, 13 de julho de 2013

Em busca do nome perdido

Não sei bem há já quanto tempo que cheguei à conclusão, muito até por incentivo de algumas pessoas, que poderia ser interessante ir relatando, quer as minhas aventuras como aprendiz de jardineiro, mas também relatar aquilo que no fundo é a minha natureza nesse sentido duplo, por um lado da minha natureza como pessoa  que se revela nas pequenas coisas que gosto, e por outro, da minha interação com ela, a natureza, nas suas diferentes formas, e ir escrevendo sobre isso em formato blogue.

A ideia seduziu-me mas fui adiando, até que comecei a pensar mais seriamente sobre isso, mas entretanto não me surgia nome nenhum. E é verdade que eu prendo-me com estes pequenos pormenores, mas também um nome é algo importante, no fundo é a marca e identidade de tudo. Mas nada surgia que me satisfizesse minimamente. O tempo foi passando, e acho que já se passaram mesmo alguns anos, até que este ano acabei mesmo por começar um primeiro blogue antes deste, coisa parva que surgiu do nada, e calhar é mesmo assim que às vezes devemos começar, impulsivamente.

Até que, e finalmente, há já uns dias que tinha decidido que seria este mesmo nome, agora não havia volta a dar, agora estava mesmo decidido! mas comecei a sentir em mim uma certa inércia, uma espécie de medo que não vá ser capaz de fazer uma coisa minimamente interessante...
Ainda não sei bem o que sairá daqui, mas já sei pelo menos o que não quero no que o blogue seja. Não sou especialista de nada do que vou escrever, não partilharei fichas descritivas ou informações que qualquer pessoa encontrar em qualquer sítio da Internet, é possível até que aqui coloque coisas erradas sem saber. Mas escreverei sim mas sobre as minhas experiências, as minhas aventuras no jardim, as minhas dúvidas e as minhas descobertas, deixando aqui a cada nova mensagem como uma espécie de um novo cromo da natureza que se colou para ir enchendo a caderneta.

3 comentários:

  1. Obrigado pelo incentivo Núria :)
    Ainda não me soltei, mas estou em crer que é momentâneo e em breve isto vá começar a carburar a todo o vapor!

    ResponderEliminar