sábado, 27 de maio de 2017

Suculentas em Flor: Sedum Morganianum

Esta planta suculenta Sedum morganianum, conhecido vulgarmente por rabo-de-burro ou rabo-de-cavalo é interessante para colocar em vasos altos cestos pendentes:




Planta muito simples de manter e propagar, sendo só preciso ter cuidado com as geadas de Inverno.

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Inauguração Festival Internacional de Jardins Ponte de Lima 2017


Este ano, sob o tema "Jardim das Descobertas", o FIJ acolhe jardins de três continentes, estando em exposição permanente, projetos da Argentina, do Brasil, da Áustria, da Itália, da Holanda e ainda do Japão, apresentando-se Portugal e Espanha com duas propostas cada.

Na vanguarda internacional no tópico do Ecoturismo, e da Sustentabilidade, o Festival Internacional de Jardins de Ponte de Lima, continua a dar frutos. Galardoado no presente ano, com a distinção "Europe for Festivals, Festivals for Europe" - EFFE Label 2017-2018, o FIJ foi, mais uma vez, alvo do elogio internacional.

Este é "Um evento bastante singular que tem desempenhado um papel significativo na educação ambiental e na consciencialização, sustentabilidade e planeamento paisagístico", considerou o Júri Internacional, ao integrar o FIJ na comunidade do Festival EFFE que, promovida pela Associação Europeia de Festivais, distingue espetáculos com grande qualidade artística, de impacto significativo a nível local, nacional e internacional.

Esta não é a primeira distinção do Festival, que anualmente recebe mais de 105 mil visitantes, e que foi já galardoado também com o Prémio Garden Tourism Awards, integrado no evento internacional "2013 North American Garden Tourism Conference", em Toronto, Canadá.

A edição deste ano, "Jardim das Descobertas", inaugura a 26 de maio, numa cerimónia presidida por Célia Ramos, Secretária de Estado do Território e da Conservação da Natureza, pelas 16h00, no recinto próprio do FIJ.

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Suculentas em Flor: Echeveria pilosa

Mais uma Echeveria que tenho numa taça de barro e que está agora em flor. Esta Echeveria pilosa de origem mexicana, é muito fácil e manter, e também se propaga muito bem, dando umas flores de um vermelho vivo e amarelo, que quase faz lembrar pequenas chamas. Como com quase todas as suculentas deve estar exposta a sol pleno ou sombra parcial e deve ter um substrato bem drenante.

Pilosa, pois como se vê, é muito peludinha, muito agradável ao toque:




Feira do Mundo Rural - Quinta de Bonjoia 2017


terça-feira, 23 de maio de 2017

Gatinhos para Oferecer

Tenho quatro gatinhos para oferecer. São duas fêmeas e dois machos: o preto é uma fêmea e o "branco" é um macho; os dois trigreses são um casal. Se tiverem interesse deixem comentário ou enviem e-mail.


Fêmea

Macho 





P.S: De momento já só tenho as fêmeas para doar.

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Próximos Pré-bonsais

Tenho uns quantos vasos com difentes espécies, e que, muito provavelmente servirão para eu ir brincando e praticando em futuros pré-bonsais. Começando por algo que há já muito tempo tinha em mente, forrar um velho tronco com uma hera. O tempo foi passando e  nunca mais avancei com a ideia, até que por estes dias enfiei o tronco em areia e plantei lá uma pequena hera com raíz. Logo veremos o que poderá sair dali:


Entretanto coloquei também várias heras em vaso, para que elas engrossem. Sempre quis fazer um bonsai de hera mas nunca concretizei a coisa:


Dois cotoneaster, um ainda muito jovem, o segundo já com bastante potencial pois tem o tronco bem grosso:



Quatro azevinhos, em que dois, são conjuntos, um que tem três com as raízes interligadas e um conjunto de sete azevinhos. Bom, que sabe, para tentar fazer uma floresta:





Um carvalho:


Um sobreiro (pode-se comparar o tamanho destes vasos de 20L com um vaso de bonsai:


Um videira:

Uma abélia:


Duas suculentas, uma portulacaria e uma opuntia, que olho e acho que poderia ser possível tentar transformá-la em bonsai:



E por último, o berberis que truxe do horto:



São tudo ideias, não significa que se concretizem. Veremos!

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Transplantes dos Pré-bonsais: dois meses depois

Cerca de dois meses depois dos transplantes dos pré-bonsais, posso agora com certeza absoluta, assegurar que todas as árvores estão de boa saúde. Mas na verdade fiquei um pouco preocupado com a piracanta. Já estava com a nova brotação numa fase adiantada, cortei-lhe bastantes raízes, e ela sofreu um pouco, pois secaram muitas folhas, e durante algum tempo temi que pudesse mesmo morrer. 

Mas a arvorezinha que acho mais engraçada será provavelmente a figueira, que está diferente de tudo que tenho!


A piracanta, a tal que me deu mais preocupações e que pensei que pudesse morrer. Mas felizmente não, andei sempre em cima dela, e como se pode ver na fotografia, já está com folhinhas novas:


A árvore em que os rebentos mais cresceram foi a romãzeira. Vejam o comprimento que atingiram, e aproveitei para os cortar, e deixar, como é habitual, um ou dois pares de folhas:



A abélia também está com bom aspeto:


E o acer, apesar de ainda não estar com grande estética, também: