quarta-feira, 20 de junho de 2018

Não Nos Cancemos de Fazer o Bem




Fontanário-candeeiro em ferro que pode ser visto nos Jardins de Nova Sintra com a seguinte inscrição:

"Não nos cancemos de fazer o bem. O homem é o rei dos animais mas não deve ser seu tyranno".




Vespa Asiática em Flores de Hera

Ao pegar num cartão de memória com fotografias já do ano passado, encontrei fotografias que quereria já aqui ter partilhado no blogue, mas que depois entretanto acabei por me esquecer. E foi algo que me chamou a atenção, observar vespas asiáticas na altura pois fotografei-as muito interessadas nas flores das minhas heras. E porquê? Porque sempre ouvi dizer que esta espécie invasora se alimenta de abelhas (conhecidas por atacarem colmeias), vespas e bem como outros invertebrados. E assim sendo, porquê tanto interesse nas flores de hera?






segunda-feira, 18 de junho de 2018

Jardim da Estrela


Depois de ter acabado de visitar o Jardim Botânico em Lisboa, comecei a deslocar-me a pé para o Jardim da Estrela, outro espaço que tinha interesse em visitar porque se trata de um jardim romântico do século XIX. E faz-se bem a pé porque distam pouco mais de um quilómetro entre si.

Achei um espaço muito bonito, com diversos elementos de estatuária, um coreto, vários lagos, e várias áreas relvadas onde muitos turistas aproveitavam para, quais répteis, se deitaram no chão a apanhar sol. 

Tal como estou muito habituado a ver no Porto, também neste caso, e apesar de oficialmente os políticos lhe terem mudado o nome para Guerra Junqueiro, o antigo nome permaneceu, e continuam a chamar-lhe Jardim da Estrela, tanto que até na placa de entrada (em português e inglês) o nome que ali está é precisamente Jardim da Estrela. 




O Despertar - José Simões de Almeida (sobrinho)


Coreto em ferro forjado




Busto ao ator Taborda - Costa Motta (1914)

O Cavador (1913) - Costa Motta

Figueira-estranguladora (Ficus macrophylla)
As enormes raízes da figueira-estranguladora 






Guardadora de Patos/ A Filha de Rei Guardando Patos  ( 1914  - 1917 ) 



Antero de Quental - Salvador Barata Feyo

Catos e suculentas







Há inúmeros outros recantos de lindíssima cidade de Lisboa que gostaria de visitar, mas terá que ficar para outra oportunidade.  

sábado, 9 de junho de 2018

As Papoilas de Alenquer

Papoilas deve haver um pouco por todo o país, ainda assim, aqui na zona onde vivo mal as vejo. Durante esta semana estive a trabalhar em Alenquer e ficava sempre fascinado a olhar para aquele vermelho vivo das suas enormes pétalas. Tenho mesmo que arranjar sementes para as espalhar pelo meu jardim.




Larva de Joaninha-de-Sete-Pontos

Como é sabido as joaninhas são dos insetos mais úteis nos jardins e hortas pois são insaciáveis a comer os afídeos como os pulgões e piolhos que chupam a seiva das plantas. Mas antes de se apresentarem com aquele aspeto que todos conhecem, redondinhos, cor-de-laranja e com mais ou menos pintas que deixam fascinadas as crianças, passam por vários estágios e metamorfoses. E convém conhecer o ciclo de vida da joaninha, para não se confundir a sua larva com uma qualquer indesejável lagarta. 

E esta é a larva de uma das joaninhas mais comuns em Portugal: a joaninha-de-sete-pontos (Coccinella septempunctata) que já neste estado é muito voraz a alimentar-se da maiorias dos afídeos que atacam as nossas plantas.