terça-feira, 17 de julho de 2018

Ilustre Desconhecido com Colunas de Flores Brancas

Planta que ofereceram à minha mãe. Não sei o nome. Bem sei que há aplicações para telemóvel em que basta tirar fotografias e consegue de imediato saber o que tem o seu interesse. Mas eu ainda me vou recusando a usar telemóvel com internet, logo, não é opção. Alguém sabe o nome? 






segunda-feira, 16 de julho de 2018

Adivinha quem voltou?

Bem mais tarde descobri que se chamava Riscas. O gato que, morando a algumas centenas de metros me tinha adotado para lhe fornecer mais uma refeição de fácil acesso. E tinha adotado o meu jardim também. Durante algum tempo como que me esperava todos os dias. Depois andou muito tempo desaparecido, afinal tem donos, vivenda e uma criança se quiser brincar. Entretanto tanto tempo volvido descobri-o a dormir entre o meu alecrim e o muro de suporte das tartarugas.  



Entretanto no dia seguinte, de manhã, sem querer, acordei-o ao regar o jardim molhando-o. Uma chatice! Algum tempo depois encontrei-o deitado na relva, entre um lilás e uma piracanta:






En Guarde!

Aranhas-caranguejo-das-flores brancas um pouco por todas as flores do jardim:



domingo, 15 de julho de 2018

Criar a Família numa Folha de Hera

Andava a podar a sebe de heras, que frequentemente tenho de aparar porque crescem bem rápido e, de repente, após ter cortado uns rebentos compridos, deixam à vista uma folha dobrada que me chamou a atenção. De imediato percebi que estava ocupada por algum habitante que dela fez a sua casa. E na verdade tratava-se de uma aranha com a sua prole, que ali se abrigou. 



Flores Silvestres no Jardim: Madressilva-das-boticas

Por entre rosmaninho, sargaço e estevas floresce uma madressilva-das-boticas:

Madressilva-das-boticas (Lonicera periclymenum L.)